Equipamentos E2TI

O equipamento E2TI trata soluções através do processo de troca iônica, utilizando resinas aniônicas, catiônicas ou ambas, de acordo com os objetivos a serem atingidos.

De uma forma geral, as soluções de açúcar aprovadas para o uso na indústria de bebidas devem ter uma cor inferior a 35 ICUMSA.

O E2TI é constituído por um ou mais vasos de pressão onde estão as cargas de resinas, tubulações de interligação e um Skid onde são instalados os componentes de controle, como válvulas, bomba, instrumentos e painel elétrico.

O processo ocorre quando a solução a ser tratada flui através do leito de resinas. As resinas são retidas por fundos falsos, onde estão montadas crepinas, que permitem a passagem do xarope, mas não da resina. Após ser atingido determinado volume de tratamento, as resinas devem ser regeneradas com uma solução de salmoura alcalinizada. Neste processo os elementos de cor retidos são liberados para a solução de resina está pronta para um novo ciclo após seu enxague.

O processo de troca iônica permite que soluções com cor de entrada elevadas (acima de 800 ICUMSA) sejam tratadas e tenham sua cor é reduzida aos níveis definidos nos requisitos. O processo possibilita longos ciclos e com isso reduz a necessidade de intervenções e principalmente as perdas de açúcar.

O equipamento pode ser operado tanto de forma manual quanto totalmente automática, onde o operador é alertado sobre todos os pontos relevantes do processo, inclusive o momento de regenerar a coluna.

Vantagens do equipamento

  • Utilizamos resinas de alta qualidade que, devido a sua granulometria uniforme, monodispersa e características químicas, proporcionam:
    • Ciclos mais longos, acima da média do mercado e por consequência redução da quantidade de regenerações, bem como o volume de água necessário e efluente gerado.
    • Redução das perdas de açúcar em função do menor número de paradas para desadoçamento, como consequência da grande uniformidade granular da resina, proporciona um desadoçamento mais rápido. O volume de água para remover o açúcar da resina é o menor do mercado.
    • Redução do consumo de energia devido a melhor fluidez do xarope na resina, pela característica de uniformidade dos granulados da resina.
    • Tempo reduzido de regeneração pela maior fluidez do regenerante na resina.
    • Vida útil superior a 3 anos, quando operada dentro das condições de projeto, sendo que nomercado muitas resinas tem vida útil inferior a 2 anos.
  • O E2TI possui mais de 20 unidades em operação em indústrias de porte e eficiência comprovada.
  • A vazão de processo por ser ajustada conforme a demanda
  • Todos parâmetros de processo e regeneração são monitorados e vinculados a alarmes.
  • Construção robusta sob skid metálico. Todas as soldas em tubulações por onde o produto irá fluir são inspecionadas e aprovadas por analistas.
  • Rede AS-I de comunicação entre os instrumentos e válvulas, reduzindo consideravelmente a quantidade de fios e cabos necessários no equipamento, facilitando assim a manutenção e tornando a operação mais estável. Conexões elétricas IP67/69k.

Informações Técnicas

Modelo E2TI 15
Capacidade 2.000 / 5.000 / 7.500 / 10.000 / 15.000 / 20.000 / 30.000 L/h
Produto a ser Tratado Xarope Simples
Condições de descoloração Cor de entrada máxima XXXX Cor de saída inferior a 35 IU
Ciclo previsto XXXX m3
Temperatura de operação De 50 até 75ºC
Tempo para adoçamento 60 minutos
Tempo para desadoçamento 90 minutos
Tempo para regeneração completa 4 h
Material de construção do equipamento Construção sanitária e todas as partes em contato com o produto em AISI 316L
Material das Crepinas PPGV30S
Material de construção do equipamento AISI 304L ou AISI 316L (partes em contato com produto)
Controle Controle através de Software próprio e PLC
Visualização e Operação Através de IHM ou supervisório da planta

Seguranças Operacionais

Controle de pressão Através de transmissores e intertravamentos de automação
Segurança para sobre pressão Através de válvula de segurança
Controle do volume tratado Através de medidor de vazão e alarmes
Proteção contra fuga de resina Através de filtro bag 25µm
Controle da concentração da regeneração Através de condutivímetro

Utilidades necessárias

Vazão / Corrente Pressão / Tensão
Alimentação de Xarope Simples Conforme fluxo desejado 4 bar
Água tratada com dureza total inferior a 60ppm CaCO3 / Soluções Regenerantes Sob consulta 2 bar
CIP Sob consulta 3 bar
Água clorada 20 L/h 3 bar
Ar comprimido 1 Nm3/h 7 bar
Energia Sob consulta Sob consulta

Fornecedores

Valvulas Borboleta e bomba Alfalaval / kieselmann-Hilge / APV-SPX
CLP Siemens/Rockwell/existente
Material Construção sanitária e todas as partes em contato com o produto em AISI 304L/316L